22 setembro, 2011

O Desmame

Como já falei aqui, a recomendação da OMS é que as crianças continuem sendo amamentadas até pelo menos 2 anos. Mas eu e o marido, marido e eu, pensamos, refletimos e decidimos que um ano de amamentação tava de bom tamanho por aqui.

Leah mamou leite materno exclusivo até os 6 meses. O desmame começou sem que eu percebesse, as mamadas foram diminuindo à medida que ela foi comendo melhor sólidos. Aos 10 meses ela fazia as 3 refeições direitinho e às vezes um lanchinho a tarde. Então durante o dia ela mamava logo que acordava pela manhã e antes das sonecas, e a noite quantas vezes acordasse, uma ou duas vezes. Também mamava somente em casa, se a gente tivesse fora na hora de alguma soneca, ela dormia sem mamar e sem problema nenhum. Aos 12 meses começei a ficar aflita com idéia dela não mamar mais. Que difícil decidir acabar com esse momento tão gostoso! Então deixei acontecer naturalmente. Aos poucos fui parando de oferecer as mamadas antes das sonecas. Ela não pedia, e dormia normalmente, mas se eu oferecesse ela mamava tranquila e dindamente.

Eu não queria dar mamadeiras e tentei fazer a adaptação pro leite de vaca no copinho (Seria muita ilusão?). Comprei uns copinhos sem alças pra ficar mais no estilo mamadeira, mas ela não tomava quase nada no copo. Ela não sabe beber continuamente num copo, toma uns goles e para, toma mais outros e pronto, deixa o copo de lado. Então demos a mamadeira mesmo e assim ela tomava o leite todo. Era o papai que a tava botando pra dormir quase todos os dias com a mamadeira, e assim se foi mais uma mamada. As mamadas durante o dia foram parando aos poucos até eu perceber que ela praticamente não mamava mais durante o dia, só durante a madrugada. Pensei tá tudo errado, normalmente se faz o desmame noturno primeiro!

Coloquei o marido em ação durante a madrugada. A idéia era fazer com que ela voltasse a dormir sem se alimentar, eu daria de mamar quando ela acordasse depois das 6 da manhã, mamada essa que ja não dava mais, mas voltei a dar porque eu não tava pronta pra acabar de vez com a amamentação. E foi depois de 13 meses de vida que eu ouvi Leah chorar na madrugada. Ela abria o berreiro quando via a cara do pai e não a minha, mas logo parava. Foram uns três dias que ela chorou quando o via e depois se acostumou com a presença dele na noite. Ela demorava muito mais tempo pra voltar a dormir. Comigo, eu ia lá, dava de mamar, ela dormia e eu voltava pra cama rapidinho. Marido levava uma vida pra voltar pra cama e eu ficava com o coração na mão, e se ela tivesse com fome? Eu achava que com o desmame noturno ela ia dormir a noite inteira. Mais ilusão. Fomos tentando até que ela não voltava mais a dormir com o pai, uma noite ele ficou impaciente e me passou a rédea. Eu então a dei uma mamadeira que ela devorou e dormiu. Ai que dó, ela tava com fome! E começamos a dar uma mamadeira quando ela acordava. Daí que ela tava mamando somente quando acordava pela manhã. Percebi que ela mamava, mas não tomava quase nada, meu leite tava diminuindo. Decidi então tirar essa mamada e decretar o desmame total.

Faz 3 dias que ela não mama mais gente! Tô triste! Desmamada aos 14 meses e meio. Ela parece nem se lembrar que a mamãe aqui era fonte de alimento. O desmame foi molezinha, gradativo, natural, sem traumas. Só a mãe besta aqui que já ta com saudade e vontade de voltar atrás e amamentar a cria até os 10 anos.

E eu tô de volta em ação na madrugada, já que agora somos escravos da mamadeira, divido essa labuta com o marido. Quando tô com muita preguiça, acordo o marido, quando a preguiça de acordar o marido é maior, vou eu mesma. Que coisa chata é essa preparar mamadeira! E olha que aqui a gente nem "prepara". Os guri de mais de um ano aqui nos esteites tomam leite de vaca do mesmo que os adultos tomam, aquele líquido, que no brasil vem em saquinhos e aqui vem em galão. No brasil as crianças tomam mais leite em pó, o Ninho né? Porque depois de um ano não já tomam direto do saquinho também? Diferenças culturais... Mas então, aqui a gente já deixa a mamadeira cheia na geladeira, e quando ela acorda no meio da noite a agente só esquenta no microondas e pronto, mesmo assim é uma chatisse e preguiça enorme fazer isso. Obrigada Papai do Céu pela amamentação com todos seus benefícios e praticidade!

Agora a luta será de tirar a mamadeira da madrugada. Mas ela até que não ta mais acordando sempre no meio da noite, às vezes acorda somente às 6:00 am. Daí a levamos pra nossa cama, damos uma mamadeira e ficamos lá preguiçando na cama, cochilando, até a hora que o papai tem que levantar, lá pras 7:00 horas. Que esse seja o começo das noites completas de sono. Assim já vou tá pronta pra engravidar e começar a noites insomes de novo... Hahaha  E quem entende o bixo mãe?!

12 comentários :

  1. kkVai entender...
    Fui lendo o post e meu coração foi ficando apertado. Tentei fazer o mesmo com a Malu cortar as mamadas na hora da soneca, funcionou por um tempo. Mas agora parece que ela entendeu que eu queria tirar o peito e voltou com força total rs Ela está com quase 11 meses vou deixar pra ver até onde ela vai. Eu dou mamadeira a noite e peito só as 5:00 ou 6:00 ela mama e dorme de novo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Ai q bom q o desmame foi natural aí! Aqui tbm, sem traumas, sem chororôs!

    Tirei o meu depois que completou 1 ano e foi uns 10 dias mais ou menos acordando no meio da noite e fazendo mamadeira, depois foi uma beleza, até hj, so mama pra dormir e qdo acorda (não que exista dias que não acorde no meio da noite né? mas mamadeira não).

    E até hoje sinto uma saudade enorme de amamentar tbm tenho vontade de engravidar novamente logo, mas esse logo acho q vai esperar um pouquinho mais!

    beijos

    ResponderExcluir
  3. ai menina, nem me passa pela cabeça ficar sem amamentar o Fred,s ou viciada nele, rsrsrs. Posso imaginar a sua tristeza, mas que bom que foi um desmame natural, sem traumas.
    Eu pretendo amamentar enquanto o Fred quiser, mesmo que passe dos 2 anos. Mas de repente acontece igual vcs né, ele pare sozinho, acho que não tô preparada, não mesmo...

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  4. Oi amiga q linda essa sua filhota................ q bom q o desmame foi natural.
    tenho uma amiga q o filho já está com 4 anos e ela até hj luta para desmamar....aff1
    bjokas!

    ResponderExcluir
  5. Menina levanta as mãos pro céu! Realmente a Leah foi uma mocinha, não deu um pingo de trabalho! Como vc sabe, eu não amamentei, mas todo dia vejo mães reclamando do desmame. E já reparou como as mães sempre sofrem mais?? aff! hahahaha
    Aqui as noites ainda tão meio loquinhas, tem semana que o filhote dorme a noite toda, tem semana que ele acorda todos os dias pedindo mamadeira..
    Mas me diz, já tá se preparando pro segundinho mesmo??

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Que bom que ela não deu trabalho para o desmame!
    A Yasmin parou de mamar no peito muito cedo com 4 meses, os meus seios ainda enchem de leite, mas ela não quer mais, fiquei muito triste pois pretendia dar o mamazinho atá mais ou menos 2 anos, mas não foi como eu pensei, pois a Yasmin tem um soprinho no coração e isso faz com que ela canse rápido de mamar e não tem muita força para sugar... Enquanto o leitinho jorrava do seio ela queria e depois não mamava mais.

    Vamos ver se no próximo bebê consigo amamentar até mais tempo...

    Beijinhos meu e da Yasmin

    ResponderExcluir
  7. Acho que sua baby teve o ciclo todo certinho.. hoje em dia é difícil ver babys que mamam até os 6 meses.. acho que a fase mais importante já passou e agora é só tirar as manias..

    Outro baby?
    Nossa que delicia!!!!

    Beijinhos ;*

    ResponderExcluir
  8. Que bom que foi tranquilo e natural!!! Por aqui foi dessa forma também... A gente é que fica se sentindo meio estranha pós desmame né???! Bjocasss

    ResponderExcluir
  9. HAHAHAHAH. Vai entender realmente né? Eu adoro amamentar, acho cansativo, já que a Alice não faz outra coisa, mas eu morro só de pensar em desmamar. Quando acontecer, espero que seja tranquilo, mas acredito que vai ser mais difícil pra mim do que pra ela... Normal. rsrs! Mas que bom que por aí foi sem grandes traumas ou dificuldades!! (:
    Beijoos

    ResponderExcluir
  10. Oi Dayane! Que bom que gostou do meu cantinho! Eu também adorei o seu e vou voltar sempre!
    Por aqui o desmame foi meio traumático, mas só pra mim! A Ana Luiza decidiu que aos 3 meses não queria mais peito e não pegou mais. Como ela morria de fome e não queria peito de jeito nenhum, fui obrigada a dar a mamadeira. Melhor isso do que a ver a filha gritando de fome, né??

    Beijinhos e obrigada pela visita lá no blog!

    ResponderExcluir
  11. Ai amiga, q deliciaaaaa ter outro baby! q lindooooo.
    Fico ate emocionada em ler este post.
    Vc e bem corajosa.
    Eu quero q Rafinha tenha uma boa diferença do irmaozinho/a dela, rs.
    Mas o maridao quer com pouca diferença... Entao vamos ver o q Papai do Ceu dispoe neh?

    Sobre o desmame. rafinha ja nao mama exclusivamente leite materna, mas so meu peito para acalma-la, e eu sempre digo: e se eu nao tivesse leite?? como acalmaria minha menina?? Mas como Deus sabe de todas as coisas, eu tenho leite, e ela pode se acalmar no meu peito, mas um dia ela vai deixar, nao sei se irei sentir saudades...
    da barriga de gravida nao sinto, nao sei como serà com o desmame.
    bjs.

    ResponderExcluir
  12. Nosssa, q desmame natural, q blz..tem a tristeza da despedida desse momento super mega blaster sublime, mas a gente sabe q isso vai ter um fim.

    Estou te seguindo

    grande bj e abraço, obrigada pela visita.

    ResponderExcluir