26 outubro, 2011

Novas de Leah e a Síndrome Felícia

Parece que faz uma eternidade que não passo por aqui. Primeiro quero agradecer os comentários no post anterior, é muito bom receber esse carinho das amigas blogueiras.

Por aqui está tudo indo bem. Ainda estamos no Brasil, maridão chegou há alguns dias e  já volta nesse sábado. Eu ficarei mais 2 semanas ajudando minha mãe nessa fase.

Mas deixa eu falar um pouco da minha pequena que  já está  com 1 ano, 3 meses e 24 dias. Ou eu podia só dizer que ela está com quase 16 meses!

Leah está amando tudo no Brasil.  Ela se diverte muito, adora a comida, ta comendo super bem de tudo e adora todo tipo de suco natural que só tem aqui. Estou toda orgulhosa dessa minha menina boa de garfo. Mas também não tem como, culinária brasileira é a melhor do mundo!

Leah teve aqui alguma "primeiras vezes". Foi a primeria vez na praia, no circo, em um parque aquático, primeira viagem de ônibus e a primeira (e outras milhares) picadas de muriçocas. Também aprendeu novas palavras: au-au, miau, neném, tau-tau (tchau tchau) e áua (água). To achando o máximo ela saber pedir água. Uma moça! Ela também repete muitos sons. Outro dia fui trocar a fralda dela e falei "Vamos tirar esse cocô!", e ela ficou cantando "Cocôoooo, cocôoooo ..."  (Mãe tem sempre que falar em cocô né?). Ela sabe mostrar onde fica a cabeça, o nariz e o pé.

Aqui moram minha mãe, que tem um cachorrinho, e meu imão, que tem uma gatinha. Leah simplesmente ENLOUQUECE quando vê os bichinhos. Ela não tem medo nenhum, corre pra cima dos bichos, alisa, beija, abraça, puxa rabo, patas e orelhas, mete o dedo nos olhos dos bichinhos. Sabe a Felícia? Leah é a própria! Outro dia ela deu uma chave de braço na gatinha que pensei que seria o fim de suas 7 vidas! Mas essa gata deve ter nascido com alguma alteração genética! (oi?) A  gata tenta sair correndo e Leah a segura pelo couro! Ela fica com as mãos cheias de pêlos da gata. O cachorro se irrita com o carinho exagerado, rosna, late, e Leah acha a maior graça! 

Eu vou te amar, abraçar, apertar até você ficar em pedacinhos. Gatinho, gatinho, eu adoro gatinho!


Ela também fica louquinha da vida quando vê pombos nas praças. Olha a cara que ela faz...


Ah se ela pega um pombinho desse...

4 comentários :

  1. hahahahahha
    Morrendo de rir com a gata de 30 vidas!
    Que bom que a viagem tá sendo boa! Mesmo com a burocracia.
    Leah tá linda, linda!
    Estavamos com saudades de vcs!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. kk que amor... a gatinha deve ter pedido umas vidinhas extras kk
    Muito fofa Leah.
    Quando pergunto a Malu cadê o nariz? Ela aponta pra minha boca. rs Tudo bem está por ali.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Ahhh.. bem que achei parecido, na segunda foto!
    Mas agora vc já sabe, da próxima vez me avisa pra gente levar as crinças pra brincarem! =)

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Leah fofa abraçando a gatinha! Muito linda. O Nino também amaaaaaa bichinhos, as vezes penso em ter um pra ele...mas penso no trablho e logo desisto hahaha.
    O Nino e a Leah tem 2 dias de diferença!!!!!!! Que fofossssss!!! Estão bem na mesma fase de desenvolvimento, ele também pede água a toda hora e aponta pro pé, boca, nariz, dedo, barriga! Eu baboooooooooo! rs Bjinhosssssss

    ResponderExcluir