09 dezembro, 2011

Filhinha do Papai

Leah anda tão apaixonada pelo pai que só vendo!

Ela chama pelo pai o dia todo. Olha para um porta-retrato com uma foto nossa e fala "Papai, papai!!" Só quando falo "É, é o papai e a mamãe" é que ela fala "mamãe..." tipo, só pra me agradar um pouquinho. Quando o pai chega do trabalho é uma alegria imensa. Basta só ouvir o som da porta abrindo que sai correndo e gritando "PAPÁ, PAPÁ!!" Exige que ele a pegue no colo, dá um abraço forte e fica grudada nele feito uma macaquinha. Quando ele vai ao banheiro ela fica na porta esperando ele sair, ou se ela ta longe, corre pra ele logo que escuta a porta do banheiro abrir. Fica grudada no pai o tempo todo que ele está em casa. Ela vem pra nossa cama toda manhã e quando o pai se levanta pra tomar banho... ela chora.

Eu acho essa paixão toda dela pelo pai linda de viver. Nem sinto invejinha que ela nem fala "mamãe" e nem quer saber de mim quando o pai está por perto. Só tem uma coisa que não to curtindo, mas que não deixa de ser fofa: o papai não consegue mais botar ela pra dormir. Ele bem que tenta...

Já passa das 19:30, Leah ta cansada, já escovou os dentes, já lemos as escrituras e fizemos oração juntos, só falta tomar o leitinho pra dormir feito um anjinho. É dia do pai botar ela pra dormir, o quarto já está na penumbra e com o barulho estático ligada, ela toma a mamadeira. É aqui que Leah se concentra em chupar a chupeta e segurar nossa orelha e vai aos poucos fechando os olhinhos. Ou pelo menos era assim. O que acontece agora, mas só com o pai, é: ela toma o leite, senta e começa a "conversar" com olhares e gestos, tudo no nível mais elevado de fofura. Eu da sala consigo escutar e já começo a rir. Papai tenta manter o controle, tenta dar a chupeta, mas ela tira pra "falar", tenta deitar ela no berço, mas ela se levanta e dá altas risadas. Eu entro no quarto e Leah rapidamente se deita, no maior estilo: "Ih, sujou! Vou fingir que estou dormindo". Alguém tem que botar moral nessa casa. 

Aí sobra pra quem botar a pequena pra dormir todos os dias?

8 comentários :

  1. Oh meu Deus, que linda!!! E que amor tão grande pelo pai... acho que eu ia sentia uma invejazinha sim, rsrsrsrs

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  2. rs, por aqui as coisas não são diferentes não, Ryan Caio fala, pai, papai, papapa, o dia inteiro e quando o pai chega só quer saber de ficar pendurado nele... eu tbm acho muito bonito esse amor deles pelos papais... bjks!!

    ResponderExcluir
  3. hahahaha amiga, coisa mais linda do mundooo!
    aqui tbm Rafinha e apaixonada pelo papi dela, e so ele vir pro lado dela, q ela ja sorri, ele beija e espeta ela com a barba, e ela morre de rir, agora vou eu beijar ela, com toda delicadeza e carinho, e ela ja faz chorinho, ah deixa! rsrs.

    ResponderExcluir
  4. Aiii q fofura!!

    Arthur tbm tem adoração pelo pai, confesso q no começo fiquei sim com uma invejinha boa. Agora me acostumei, nem ligo mais. Quando o pai está em casa eu fico pra escanteio total

    beijo

    ResponderExcluir
  5. Dayane, que coisa mais lindinha de se ver. É assim mesmo. Aos poucos o pai vai sendo diferenciado como "diversão", já que é a mãe que fica mais tempo com a criança e que, na realidade, é quem coloca e ensina os limites.
    Imagine eu como avô... Minhas filhas me escondem dos netos na hora de dormirem ou tomarem suas refeições.
    É uma delícia isso.
    Adorei o seu blog e vou seguí-lo. Gosto muito dessas estorinhas das crianças. Aprendemos muito com elas.
    Um abraço.
    Manoel.

    ResponderExcluir
  6. Que gracinha,nem dá para ter invejinha com todo esse amor para o lado do papai né?! Por aqui era diferente Lavínia era toda grudada comigo,(ainda é) más diminuiu um pouco,depois que nos mudados e ela teve contato diariamente como Pai a relação dela com ele melhorou muito,assim como Leah ela também espera o Papai na porta do banheiro entre muitas outras coisinhas super fofinhas que ela faz com ele.


    Ps: Lavínia as vezes também tem essa mania de pegar nas nossas orelhas ou na gola de blusas pra dormir #fofodemaisdaconta.

    Bjs em todas essas fofurices de Leah :)

    ResponderExcluir
  7. que fofa!
    amor de mãe, amor de pai...amor é sempre bom!!!

    ResponderExcluir
  8. Afe que coisa mais linda!! A Analu está começando a ter esse amor todo pelo pai, mas para minha tranquilidade, ele ainda consegue fazer ela dormir a noite. O problema é de manhã, se ela vê que ele não levantou para tomar banho não quer nem saber de voltar a dormir. Agora que o marido está de férias, as sonecas matinais estão sendo cada dia mais difíceis de acontecer.
    Essas meninas são mesmo de encher nossos corações de amor, né? Mesmo quando somos deixadas para escanteio.. Hehehe

    ps. Sabe o vídeo que você postou esses dias? Eu vi duas vezes e só depois me dei conta que não tinha comentado nada. A Leah é tão linda que eu dava tudo para poder dar um amasso bem amassado nessa gostosura toda =D

    Beijinhos

    ResponderExcluir