10 junho, 2012

Prisão domiciliar

Marido foi temporariamente transferido pra gerenciar um banco em uma cidade vizinha. Daí que só temos um carro e aqui nos dificilmente se vai a algum lugar sem carro. São somente uns 20-25 minutos daqui, mas não da pra levar o marido pro trabalho pra ficar com o carro. Daí eu fico aqui sem poder ir a lugar nenhum. O verão ta aí, a piscina do clube ta lá e eu to aqui. Praticamente em prisão domiciliar. Faz pena ficar em casa nesse tempo maravilhoso. Me sinto péssima quando me dou conta que é quase meio dia, que o dia ta lindo lá fora e eu e Leah dentro de casa de pijama. Desperdício!  Não tem parquinho muito perto, mas tem 3 pelas redondezas que me leva uns 20-30 minutos de caminhada. Eu e Leah já temos o bronze de chinela havaina nos pés, coisa linda. 
A cada verão amo mais esse lugar que vivemos. É uma cidade relativamente pequena, população de aproximadamente 106 mil habitantes, tem mais de 100 parques, uma vasta rede de trilhas de bicicletas, muito arborizada, várias áreas de mata dentro da cidade e alguns rios que a cruzam. É linda, é aconchegante, ótimo lugar pra se criar família. Então pensei em tirar vantagens das ciclovias e fazer da bicicleta o meu meio de transporte. Daria ao menos pra ir pra biblioteca, pro clube e pros parques. Daria pra simplesmente pedalar por aí e me exercitar. Me enchi de entusiasmo pra começar uma rotina de exercícios: pedalar toda manhã. Transferi a cadeira de Leah da bicicleta do marido para a minha e providenciei um capacete pra ela. Sair pra pedalar é moleza, a vista do passeio é um belo estímulo:


O Problema ta na hora de voltar pra casa que é subindo ladeira. Imagina o ser mais fora de forma subindo uma ladeira de bicicleta com o peso de uma miniatura de gente acoplada. O horror, o horror. Fico pra morrer. E ainda tenho que recorrer a paradinha vergonhosa pra recuperar o fôlego. Sem contar que nos levantamos as hr 08:00 e até que eu e Leah comamos e nos aprontemos dá hr 9:30, 10:00. E nessa hora o sol já ta bem quente. Preciso dizer que todo meu entusiasmo foi ladeira e suor a baixo? 

To preferindo ficar por aqui, deixar Leah curtir uma piscininha no quintal e no final da tarde caminhar até o parque e ficar lá até que o marido nos pegue no caminho dele pra casa.

13 comentários :

  1. Que delícia Dayane. Nós andamos de bicicleta to-dos os dias. E ficamos bravos quando chove. Não tem o que fazer no fim do dia, então nós três pedalamos, é rotina. Nós temos aquele programa de celular que registra a velocidade e tempo do passeio, então comparamos os dias que estamos mais "fit" e os dias que estamos mais "lazy" hihihihi... Estou esperando esquentar um pouco mais para começar ir na "prainha" que é um lago aqui atrás de casa. Essas paisagens são inspiradoras.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Certíssima Dayane. Precisam mesmo aproveitarem essa paisagem e esse tempo bom. Sabe que quando mudamos para cá ficamos encantados com a ciclovia. Logo compramos bicicleta para nós, cadeirinha igual da Leah, carrinho para acoplar na bicicleta. Aproveitamos e gostamos muito. Agora, assim como vc moramos no alto e na volta de qualquer passeio dá-lhe subida. Desanimei um tanto, ainda mais por estar fora de forma...rs Marido diz que vai me dar uma bicicleta elétrica. A gente se diverte...
    Quero muito voltar a pedalar...
    Agora e essa piscina, que fofa! Amei e aposto que a Leah também...
    Beijos e boa semana

    ResponderExcluir
  3. Que fotos lindas Dayane!!!! Adoro montar uma piscininha para a Catarina. É diversão na certa!!! Acho ótimo porque além de brincar dá para tomar um solzinho!
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Dayane fiquei aqui pensando com os meus botões e te dou uma sujestão: compre aquele suporte para carregar a bicicleta no carro ( não deve ser tão caro), e programe os passeios de bici sempre para o fim da tarde, assim seu marido passa e pega vocês no fim do expediente dele. E você amiga, evita a subida para casa. Eu fazia muito isso com os meninos, até por que eles tem uma idade próxima( 32 meses).Bjs

    ResponderExcluir
  5. Ahhh deliciaaaaa! adoro andar de biciclera, pena eu nao ter uma!
    tava pensando em comprar uma pra mim, so q agora inventei de comprar outro carrinho para Rafaella, como bebe conforto msm ela estando grande mas como faz frio a protege, dai q meus projetos de bike e cadeirinha ficam pra nao sei quando....snifff.

    Pesquisei no mercado livre do brasil e achei essa cadeirinha por 60 reais, mto barato, eu achava q custaria mais. sorte neh? mas sem bike, pra que cadeirinha? rsrs, so q compre e deixe guardada...

    Mas acho lindo esses passeios, Leah deve curtir mto msm, e vc tbm amiga, respirar ar puro, ver essa paisajem, nossa, amei d+++.

    bjao pra vcs. estao mto lindas!

    ResponderExcluir
  6. Dayane! Eu acho que já disse isso, mas vou repetir: eu gosto muito do seu blog. A maneira como você escreve é leve, ensina e diverte ao mesmo tempo. Me faz muito bem ler aqui. Sinto sinceridade, serenidade, paz. E tudo isso são virtudes essenciais para a família. Muitas não vivenciam isso, infelizmente. As fotos são lindas, você, Leah e a paisagem. Quando comecei a leitura, pensei que terminaria de outra forma. Aí é que digo que você é descontraída, divertida. Achei graça porque pensei que você encerraria o post praticamente uma ciclista profissional! Ainda assim dou parabéns! Porque eu adoro passear com a Laura. De carro! Bicicleta, nem pensar! Preguicinha brava! Beijos para vocês, duas lindas!

    ResponderExcluir
  7. Dayane nao sei andar de bicicleta (vdd nao to brincando nao,rsrs) por isso sempre optei pelas caminhadas msm...atras da minha casa tem um parque enorme e belissimo onde as pessoas fazem as mais variadas atividades, eh lindo!! só q comecei e com 2 dias parei. Um cachorro do tamanho de um pônei veio correndo na minha direcao e me deu uma lambida q menina, eu quase desmaiei... ate a pressao baixou. Por conta disso to vivendo de gordices msm, mas em breve vou procurar outro lugar pra caminhar e correr, nao um q nao tenha cachorros(pq aqui acho dificil) mas q pelo menos eles sejam menores ou nao estejam acostumados a ficar soltos..rsrs

    Parabéns pelo blog, a Leah tá cada dia mais encantadora e linda!!

    Bjs

    http://dasaxoniaabaviera.blogspot.de/

    ResponderExcluir
  8. Deve ser uma delícia esses passeios... pena que vc não está podendo sair muito.
    Mas, aproveita quando puder viu? rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. tao fofa na piscina :) se joga na piscina com a Leah tb XD
    lugar lindo !
    eu to louca pro bebê nascer pra andar de bicicleta :)
    beijaoo lindas fotos ^^

    ResponderExcluir
  10. hahahah me matei de rir com a volta pra casa de bicicleta, pra chegar na minha casa também é uma ladeira e eu faço muito pior , saio da bici e levo o Nino em cima dela (comigo empurrando!)! muito tonta rsrs Que delícia esse calor todo, por aqui esta muitooo frio!!!!! Deve ser lindo tudo por aí, adoro cidades pequenas, o clima, as pessoas! Bjoooo grandeeeeeee

    ResponderExcluir
  11. ah, mas essa Leah de óculos tá uma coisa de tão linda! :)
    menina, que lugar lindo! delícia, viu?
    e super me solidarizo com vc, pois também sou a mais fora de forma. às vezes, vou com Enzo no colo até a casa da minha mãe (que é na rua de trás) e, como subo uma ladeirinha beeeem sutil, também chego lá com a língua de fora. vergonha! :)

    bjos

    ResponderExcluir
  12. Ai ai, sei que não deve ser fácil ficar sem carro, mas que bom que estão encontrando formas de se divertir! E olha, subir ladeira com bike + criança é duro mesmo rs!
    Você falando do lugar em que moram me deu a maior vontade, meu sonho é morar nos EUA :)
    Beijosss

    ResponderExcluir