27 novembro, 2012

Confiança baseada na comunicação

Qual mãe não fica toda boba, morre de amores e acha a cria extremamente inteligente quando eles começam a obedecer comandos simples? A criança começa a compreender, é começo da comunição, ela escuta, processa a informação e age. Coisa linda! Logo que Leah começou a compreender melhor o que falamos a comunicação tem sido um grande aliado nosso. 

Alguns meses atrás Leah tava dando trabalho pra ficar no berçário da Igreja. Ela chorava muito e mesmo sabendo que depois que eu saísse ela parava e ficava bem lá, eu não gostava de deixar ela chorando. Diferente de todo mundo, parece. Eu também ficaria assustada e ia querer minha mãe comigo se eu entrasse num lugar cheio de gente correndo e outras chorando loucamente. Então eu ficava com ela nesse momento. Depois as crianças são divididas por turma e vão cada uma pra sua sala - nessa hora já tá tudo mais calmo e quando Leah entrava na sala dela eu seguia pra minha. Um dia eu tentava deixar Leah sem chorar e toda vez que eu me preparava pra sair ela vinha chorando e se agarrava nas minhas pernas. Eu sempre abaixava e falava pra ela que ia pra minha aula, que ela podia ir brincar e que depois eu voltava pra pegá-la. Mas ela continuava chorando e eu continuava ali com ela. Até que depois de algumas tentativas ela simplesmente falou "ok", enxugou as lágrimas, me deu um beijo e se foi sem olhar pra trás. De repente ela compreendeu. Hoje ela entra saltitante, dá beijo, abraço e fala tchau enquanto outras crianças continuam chorando quando são deixadas lá.

Nessa última vez que estivemos no Brasil teve um dia que desci pra passear com Leah no térreo do prédio. Logo que viu a piscina ela quis ir pra dentro. Botei só os pezinhos dela na água, mas ela não ficou satisfeita, começou a tentar tirar a roupa pra entrar na piscina. Eu sabia que se tirasse ela dali ia ser choro dos grandes. Então falei: "Leah, vamos subir pra botar seu maiô e pegar uma toalha, tá?" Me surpreendeu como ela saiu da piscina sem reclamar nadinha. Na verdade eu só tentei uma maneira rápida de tirar ela dali sem choro, não esperava que ela fosse realmente compreender. Enquanto subíamos vi que já passava da hora da soneca e decidi que ia botar ela pra dormir. Quando chegamos no apartamento Leah foi direto pra área de serviço e falou "A-ha! Tá aqui!" apontando pra sua toalha estendida no varal. Percebi como ela compreendeu tão bem o que eu havia dito, ela confiou em mim e por isso saiu sem reclamar, sabendo que iria voltar. Pra continuar tendo um bom relacionamento com ela e recebendo bons resultados precisamos de boa comunicação e pra isso eu não poderia quebrar minha palavra. Se eu havia dito que ia pegar o maiô e a toalha pra ela entrar na piscina não poderia agora dizer que ela iria dormir, iria quebrar a confiança dela nas minhas palavras. E pra piscina fomos.

Desde que Leah começou a compreender bem o que falamos que usamos a comunicação pra estabelecer uma forte relação de confiança. Explicamos tudo pra ela e não fazemos falsas promessas. E tantas outras coisas se tornam mais fáceis porque explicamos, ela é capaz de entender e pode confiar na gente. Conseguimos contornar muitas situações apenas falando com ela. A comunicação foi fundamental pra tirar a chupeta, a mamadeira e agora tem sido pra mais um passo: deixar de ficar no quarto até ela dormir, que venho contar no próximo post como esta sendo.

6 comentários :

  1. Ótima, experiência, Dayane!!
    Porque quer me matar eh enganar uma criança!! E depois querer que ela acredite na palavra. :/

    ResponderExcluir
  2. E isso vai ser fundamental também na hora de tirar a frauda.

    ResponderExcluir
  3. Amiga, eu tbm acho que a confiança é tão importante! Como podemos exigir que confiem na gente se não damos motivos?!
    Muito boa tuas palavras com ela e as ações tbm.
    Ela é uma fofa e a gente sabe porque.

    Beijão

    ResponderExcluir
  4. É isso ai a confiança é a base de tudo pra uma boa relação!
    No caso da piscina além de tudo vc evitou o choro e isso é bom demais né, em muitas situações como essa podemos contorno e evitar muita coisa ;)

    saudades de vc, não te vejo mais la no blog =/
    beijão

    ResponderExcluir
  5. aaah, que gostoso...
    isso tbm tá acontecendo por aqui, e acho o máximoooo!!!
    ela já é uma mocinhaaa gentee..rs
    bjos
    perolasdealanis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Perfeito!!
    Rafaella desobedece mto, e quando a gente fala q vai colocar na disciplina, depois de falar um milhao de vezes e ela nao obedecer, sò com falar em disciplina , ela estica os beiços e choooora, chooora, q dà dò. Mas falta mto pra ela aprender ainda.
    Acho q ela è bastante pulseadora, ou seja, q quer ver atè onde a gente aguenta :///

    beijos.

    ResponderExcluir