03 abril, 2014

Leah aos 3 e meio

Minha primogênita, que já ta beirando os 4 anos, ta precisando de um pouco de atenção por aqui, né gente?! 

Leah ta uma coisa. De um doce de menina à desobediência em pessoa. Eu me derreto com as fofuras dela e fico de cabelos em pé com o gênio desta criança. Ela é cheia de personalidade.


Eu tenho que pedir as coisas milhões de vezes antes dela realmente fazer. E eu, muito frequentemente, me sinto um lixo de mãe porque ela só obedece depois de levar uns gritos ou umas ameaças.

Ela faz muito corpo mole pra arrumar as bagunças que faz. E quando finalmente se mexe e começa a recolher os brinquedos  ela se distrai e começa a brincar com eles de novo.

Ela expressa bem os sentimentos, fala quando algo a deixa triste, feliz ou com raiva. Às vezes ela tenta usar isso a seu favor, como quando diz que não quer leite porque leite a deixa triste, quer suco que a deixa feliz. Ou quando não faço uma coisa que ela quer, ela solta: "Mamãe, I ta muita raiva you!" 

Ela fala assim, misturado. Na verdade ela fala mais em inglês com palavras em português misturadas. Apesar da gente só falar português em casa, e ela entente absolutamente tudo, percebo que inglês sai mais naturalmente pra ela.


O vocabulário dela continua crescendo a cada dia. Ela sempre nos faz rir com uma palavra ou expressão nova que aprende. 


Adora livros. Sempre adorou. Ela tem mania de tirar todos os livros da estante, fazer uma pilha e começar a ler um a um. 


Alguns hábitos nunca mudam


Leah é extrovertida, social, faz amizade em qualquer lugar que chega. Ela não tem medo de falar com ninguém, seja criança ou adulto. É do tipo que te deixa com vergonha de tão amigável que é com estranhos.

Ta numa fase "girly". So girly. Adora pink, brilho, princesas, vestidos, cabelo arrumado, sapatos, unhas pintadas.

Eu sempre deixo ela se vestir sozinha de manhã, assim ela usa em casa a roupa que quer, do jeito que quiser. E quando a gente tem que sair eu dou uma ajeitadinha nela. Mas às vezes quando eu to com pressa só falo pra ela se arrumar e a gente sai do jeito que ela estiver mesmo. E né que o estilo maluquinha dela às vezes fica muito bonitinho!


Blusa listrada, saia xadrez, calça colorida, meias diferentes e sapato que não precisa de meia.
Muito estilo!



Ela sempre usa meias diferentes. Essas listradas são as favoritas. E por ela, ela saía com sapatos diferentes também. Certo dia só percebi depois que saímos que ela tinha colado duas botas diferentes. Em casa ela ta sempre com um sapato diferente em cada pé. 

Ela não pode me ver me maquiando que ela quer botar tudo. Mas aqui não tem nada de vaidade, pra ela cara pintada é assim:




Ela é um amor de irmã. Ela se entristece com a tristeza de Kylie, fica realmente sentida quando Kylie se machuca ou quando toma vacinas. É orgulhosa da irmã, sempre apresenta Kylie aos amiguinhos. É também protetora, defende a irmã, não deixa que mexam com ela. Ela se alegra com o desenvolvimento de Kylie e a incentiva. 

Mas é também uma irmã pentelha. Que quer tudo que Kylie pega e arranca as coisas da mão da pobre irmã. Ela sabe como irritar Kylie como ninguém.

No outono passado e no começo desse ano ela fez alguma semanas de aula de balé. Ela adorava e tinha dias que passava o dia inteiro vestida de bailarina.



Ela adora ranch (molho de salada) e come qualquer coisa com esse molho. 

Dorme sempre com um livro ou um brinquedo embaixo do travesseiro. 

Uma das brincadeiras favoritas dela é correr com a gente pra pegar o bumbum. 


Mês passado decretei o fim da soneca da tarde. Ela ainda precisava da soneca mas eu cansei de todo dia ter que convencer ela a ir dormir, já que por ela, ela nunca ta cansada e nunca quer dormir. Mas se a gente sai a tarde, ela sempre dorme no carro.

Ela adora pular em poça d' água! Agora com a neve derretendo é o paraíso pra ela.